ESTE PRODUTO É DESTINADO A ADULTOS

DESCONTOS + PARCELAMENTO EM ATÉ 6X S/J (PARCELA MÍNIMA DE R$99)

CUIDAMOS DA SUA ENTREGA COM SEGURANÇA E COMODIDADE

    • Televendas: (11) 3130-4500

      Produto adicionado ao carrinho

      Patagônia

      Argentina

      A região da Patagônia, área vinícola mais meridional da América do Sul, é famosa por dar origem a vinhos tintos elegantes e complexos, elaborados a partir das uvas Pinot Noir e Malbec.

      Abrangendo uma ampla região geográfica no Chile e na Argentina, a Patagônia possui uma zona vinícola que se estende por 300 km às margens do rio Neuquén e rio Negro. A região fica próxima a Cordilheira dos Andes, no entanto, situa-se em menor altitude em comparação à região de Mendoza.

      A viticultura ocorre somente em áreas próximas aos rios, onde o degelo da Cordilheira dos Andes torna-se responsável pela irrigação das vinhas. Influenciada pelo clima desértico, a região apresenta dias quentes e noites frias, estendendo o tempo de maturação das uvas que desenvolvem ricos aromas e dão origem a vinhos com notável acidez.

      Por sua baixa latitude e clima mais frio, a Patagônia é “aquecida” por um vento proveniente das encostas dos Andes, chamado La Zonda, responsável por trazer maior calor às vinhas cultivadas na região e, junto aos solos aluviais, produzir bagos menores e uvas com peles mais grossas, concentrando seus açúcares, taninos e ácidos. Os vinhos elaborados a partir dessas uvas apresentam sabor intenso, taninos maduros e firme estrutura.

      Enquanto a uva Malbec desempenha um papel fundamental na Patagônia, uma das variedades que também recebe amplo destaque na região é a Pinot Noir, dando origem a vinhos complexos e elegantes. Além disso, encontram-se ainda excelentes vinhos brancos elaborados a partir da uva Chardonnay, Sauvignon Blanc e Riesling, capazes de demonstrar o frescor da região.

      Entre os mais cultuados produtores da Argentina, encontra-se nesta região a Bodega Noemía, que elabora minúsculas quantidades de vinhos únicos, muito elegantes e de incrível personalidade – possíveis apenas graças à descoberta de vinhedos muito antigos e especiais, plantados com Malbec. O Noemía 2009 recebeu, nada menos do que, 96 pontos da Wine Spectator, simplesmente a nota mais alta já concedida pela revista a um vinho argentino.

      + ver mais