Não há produtos em seu carrinho.

Malbec

A uva tinta Malbec, nativa do sudoeste da França, recebeu amplo prestígio após ser cultivada na Argentina, país onde demonstra sua maior expressão. Por conta do seu sucesso nos vinhedos de Mendoza, em poucas décadas a uva Malbec chamou a atenção de todo o mundo, trazendo ao mesmo tempo, o respeito pela Argentina como uma grande nação produtora de vinho.

A fama da Malbec deve-se, originalmente, ao vinho Cahors, produzidos na região com o mesmo nome. O Cahors é um exemplar encorpado e de coloração bastante escura, que pode ser conhecido também como “vin noir”, isto é, “vinho negro”.

No Brasil, encontra-se uma ampla variedade de vinhos Cahors, elaborados por excelentes produtores. A Malbec também participava, em pequenas quantidades, dos vinhos de Bordeaux, que hoje em dia não são tão importantes na França. Um dos motivos do seu abandono é a alta probabilidade de as vinhas desenvolverem uma doença que atrapalhe a floração.

Além disso, a Malbec fez sucesso na Argentina quando a qualidade dos vinhos aumentou muito e atingiram elevados níveis, mesmo quando eram comparados com os melhores vinhos das mais tradicionais regiões vinícolas do mundo.

Isso tudo só foi possível graças ao esforço de Nicolás Catena, que deu um tratamento mais científico ao cultivo e à produção de vinhos a partir dessa variedade. Outros produtores regionais foram seguindo seu exemplo e o nível de qualidade dos exemplares melhorou consideravelmente, colocando a Argentina na rota dos bons vinhos.

Os melhores vinhos Malbec argentinos apresentam coloração bastante escura e densa, bem como notável corpo e elevados níveis de acidez, aliados a uma excelente maciez que agrada diferentes paladares de imediato. Além disso, produzem-se vinhos a partir da Malbec na Austrália, Estados Unidos e, em especial, no Chile, também responsável pela elaboração de bons Malbec.

Um dos maiores tesouros da Argentina é Luca, “projeto pessoal” de Laura Catena – filha do visionário Nicolás Catena. A cultuada vinícola boutique Luca é responsável por talhar minúsculas quantidade de vinhos grandiosos, repletos de concentração e elegância, com a finesse raramente encontrada nos demais vinhos da Argentina. O complexo Malbec demonstra uma impressionante elegância, com um sofisticado toque feminino, que recebe altas notas da crítica especializada.