Não há produtos em seu carrinho.

Oyster Bay Pinot Noir 2011

Oyster Bay

Cód 1962110

Oyster Bay Pinot Noir 2011

Oyster Bay

Cód 1962110

Oyster Bay Pinot Noir 2011
Preço já inclui o IPI
De acordo com a Medida Provisória número 690/15, convertida em Lei número 13.241 (30/12/2015), desde 01/12/2015 todos os vinhos e destilados importados vendidos no território brasileiro estão sujeitos à cobrança de IPI. As seguintes alíquotas serão adicionadas aos preços do catálogo impresso, do site e das nossas newsletters anunciadas: 10% sobre os vinhos de mesa (tintos, brancos e espumantes), 20% sobre os vinhos do Porto, Madeira e Jerez, e 30% sobre os destilados (Cognac, Armagnac, Grappa). Os preços de venda em reais referenciados em nosso site já incluem o valor do IPI.
Preço já inclui o IPI
De acordo com a Medida Provisória número 690/15, convertida em Lei número 13.241 (30/12/2015), desde 01/12/2015 todos os vinhos e destilados importados vendidos no território brasileiro estão sujeitos à cobrança de IPI. As seguintes alíquotas serão adicionadas aos preços do catálogo impresso, do site e das nossas newsletters anunciadas: 10% sobre os vinhos de mesa (tintos, brancos e espumantes), 20% sobre os vinhos do Porto, Madeira e Jerez, e 30% sobre os destilados (Cognac, Armagnac, Grappa). Os preços de venda em reais referenciados em nosso site já incluem o valor do IPI.

De R$ 214,68

R$ 162,97

GARRAFA
- +
CAIXA
(12 garrafas)
- +
    • Volume

    • 750 ml

    • Safra

    • 2011

    • Teor alcoólico

    • 13,5%

    • Corte

    • Pinot Noir

    • Vinhedo

    • Localizados nos vales de Wairau e Awatere.

    • Maturação

    • Permanece 6 meses em barricas de carvalho francês (40% novos).

    • Corpo

    • médio

    • Sugestão de Guarda

    • Mais de 10 anos

    • Combinações enogastronômicas

    • Carnes de caça, pato e cordeiro.

  • Veja mais Baixar ficha técnica
  • Disponibilidade extremamente limitada
    (1 garrafa ou pouco mais)

Descritivo

O Pinot Noir de Oyster Bay é maturado em barricas de carvalho francês e mereceu 91 pontos da Wine Spectator na safra 2008, sendo descrito como polido e bastante perfumado. Eric Asimov, do New York Times, definiu-o como puro, com aromas frescos de flores e fruta vermelha. Sempre uma das melhores escolhas entre os Pinots da Nova Zelândia.