CUIDAMOS DA SUA ENTREGA COM
SEGURANÇA E COMODIDADE

FRETE GRÁTIS PARA TODO BRASIL
EM COMPRAS ACIMA DE R$99

DESCONTOS + PARCELAMENTO EM ATÉ
6X S/J (PARCELA MÍNIMA DE R$99)

Não há produtos em seu carrinho.

Laura catena

UMA DAS GRANDES
PERSONALIDADES
DO VINHO

Laura Catena é uma das maiores personalidade do mundo do vinho.

Quando deixou a Argentina aos 14 anos de idade, Laura Catena nunca sonhou que se tornaria a maior embaixadora do vinho argentino. Desde muito jovem, sua vontade de ajudar pessoas carentes fez Laura se apaixonar pela medicina e percorrer o mundo realizando seu sonho.

Formada em Harvard e PhD em medicina pela universidade de Stanford, Laura Catena começou a dividir seu tempo nas salas de Emergência dos hospitais com o mundo do vinho em 1995, atendendo a um chamado de seu pai, o lendário Nicolás Catena, para assumir o cargo de Diretora de Pesquisa na vinícola Catena Zapata. Imediatamente a ciência da pesquisa virou paixão e Laura percebeu que poderia ajudar seu país e seu povo a prosperar através do vinho, retornando à Mendoza em 1997.

Nicolás Catena, seu pai, estava mostrando ao mundo o potencial do terroir argentino e da casta Malbec para originar alguns dos melhores vinhos do planeta. Mudando completamente o modo de cultivo e produção local, Nicolás Catena passou a produzir em Mendoza vinhos realmente grandiosos com as uvas Cabernet Sauvignon, Malbec e Chardonnay, impressionando enófilos do mundo todo e aumentando cada vez mais a paixão de Laura Catena pelos vinhos da Argentina.

No ano 2000, Laura uniu-se a alguns pequenos produtores de uvas e surgiu então sua segunda vinícola, La Posta. Com a vinícola, Laura ajudou cada família a expressar as qualidades de suas terras para originar belíssimos vinhos.

Casada com o também médico Daniel McDermott com quem tem três filhos - Luca, Dante e Nicola Elena, Laura divide seu tempo entre os Estados Unidos e a Argentina. Laura é médica de emergência de um hospital em São Francisco (EUA), diretora geral da vinícola Catena Zapata e proprietária e enóloga da vinícola Luca, em Mendoza (Argentina). Laura Catena também fundou um instituto de pesquisas pioneiro em Mendoza, o Catena Wine Institute, que tem tido um papel fundamental no desenvolvimento da viticultura na Argentina. Multitalentosa, Laura recentemente lançou um novo livro, Oro en los Viñedos, que traz histórias ilustradas de famílias tradicionais no mundo do vinho.

+ Ver mais

La posta - história

Em Mendoza, integrantes de famílias imigrantes da Itália se encontravam com frequência no restaurante La Posta del Viñatero – a taverna do vinhateiro – para conversar sobre uma paixão em comum: o vinho.

Dos frequentes encontros de Laura Catena com estas famílias nasceu La Posta, uma vinícola muito especial que elabora vinhos artesanais e modernos, de baixos rendimentos, com uvas de vinhedos muito antigos plantados nas melhores localizações de Mendoza.

Os vinhos de La Posta preservam a história e expressam o terroir das terras de cada uma dessas famílias de imigrantes, que fazem parte da história de Mendoza e da Argentina. Os vinhos são verdadeiros sucessos e estão entre os melhores “Best Buys” da América do Sul, com rótulos que garantem a perpetuidade do nome de cada uma dessas famílias, desenhados com influência artística da Art Nouveau e Art Déco dos anos de 1920 e 1930.

Para comandar a produção dos vinhos de La Posta, ao lado de Laura e dos representantes das diversas famílias, está o talentoso enólogo Luis Reginato. Há 20 anos Luis faz parte da “família” Catena, sendo também o responsável pela viticultura de grande parte dos vinhedos de Catena Zapata nas regiões de altitute elevada e, junto com Laura, é o responsável por selecionar cada vinha de onde as uvas são colhidas para a produção dos vinhos de La Posta.

+ Ver mais

VINHOS

La Posta Paulucci Malbec 2016

La Posta (Laura Catena)

Um adorável Malbec com a assinatura de Laura Catena

Produto indisponível no site

La Posta Pizzella Malbec 2017

La Posta (Laura Catena)

Assinado por Laura Catena, este Malbec de pequena produção é um verdadeiro achado

Comprar >

La Posta Glorieta Pinot Noir 2017

La Posta (Laura Catena)

Uma das maiores pechinchas entre os vinhos elaborados com a uva Pinot Noir

Comprar >
Wine Friday

La Posta Malbec Vineyard Blend 2017

La Posta (Laura Catena)

Com a chancela de Laura Catena, este Malbec de La Posta é um vinho fino e muito elegante

Comprar >

La Posta tinto Red Blend 2017

La Posta (Laura Catena)

Vinho que possui uma das melhores relações qualidade/preço da América do Sul atualmente

Comprar >

La Posta Blanco Blend 2018

La Posta (Laura Catena)

Muito aromático, este corte de Torrontés e Sauvignon Blanc é assinado por Laura Catena

Comprar >

La Posta Paulucci Malbec 2017

La Posta (Laura Catena)

Angel encontrou na uva Malbec sua paixão e elaborou o extraordinário Paulucci Malbec

Comprar >

Notas e prêmios

Os vinhos de La Posta estão entre os melhores “Best Buys” da Argentina.

Veja as notas concedidas aos vinhos de La Posta pelos maiores críticos da imprensa internacional especializada.

CURIOSIDADES

Família Pizzella

Paula e Pablo Pizzella são professores e, com a ajuda de seus três filhos, dedicam-se também ao cultivo da uva Malbec no vinhedo de 10 hectares da família, localizado no alto do Vale do Uco.

O conceito viticultura dos Pizzella pode ser descrito como ‘meticuloso’, com uniformidade e equilíbrio exatos que invariavelmente expressa, através do vinho, grande qualidade e caráter. O fruto desse trabalho é o Pizzella Malbec que mostra aromas de framboesa e maravilhosas notas de especiarias. De baixa produção, é sem dúvidas um verdadeiro achado!

Família Paulucci

Aos 87 anos Angel Paulucci acumula histórias da infância na Itália - quando via os soldados atirarem nos barris de vinho tinto para saciarem a sede e sobre sua vinha, pela qual sente muito orgulho: espaçamento estreito, irrigação superficial, solos carregados de cal e uvas Malbec de arrancar sorrisos largos de veteranos!

Angel encontrou na uva Malbec sua paixão e elaborou o extraordinário Paulucci Malbec, com uvas de seu único e mais antigo vinhedo, plantado em 1971.

Família Armando

A família Armando era do Piemonte e imigrou para Argentina em 1886, iniciando no ano seguinte o cultivo de uvas e produção de vinhos; Os produtos eram vendidos em sacos de couro e transportados em mulas para os trabalhadores que construíam a Ferrovia Transandina na época.

Os decendentes da família cultivam até hoje as parreiras plantadas por seus antepassados. A combinação de um lugar único, videiras velhas e muito pouca irrigação criam uvas de excelente qualidade que resultam no Armando Bonarda.