Não há produtos em seu carrinho.

Chardonnay

A Chardonnay é a equivalente branca da uva tinta Cabernet Sauvignon, considerada a casta branca mais importante e famosa em todo o mundo do vinho. Assim como a Cabernet Sauvignon, a uva Chardonnay se adapta com facilidade em diferentes tipos de clima e solo sem perder suas características principais.

Os melhores vinhos Chardonnay são elaborados em Bourgogne e quase todos os vinhos brancos dessa região francesa são produzidos a partir dessa variedade de uva. Com inspiração nos grandes Borgonha, vários países deram início ao cultivo da uva Chardonnay.

Em muitas regiões vinícolas do Novo Mundo, a Chardonnay se adaptou muito bem, dando origem a grandes vinhos brancos nos Estados Unidos, Nova Zelândia, Argentina, Chile, Austrália e África do Sul. Já em países do Velho Mundo, a Chardonnay foi cultivada em maiores quantidades na Itália, com maior êxito no norte da Toscana. Na Espanha e em Portugal a variedade fez menos sucesso, assim como na Alemanha, já que necessita de clima mais quente para atingir o ápice qualitativo.

Os vinhos Chardonnay podem ser divididos em dois estilos: os exemplares envelhecidos em barris de carvalho e os que não estagiam em madeira. Os vinhos que não passam pelas barricas de carvalho são mais secos, leves e frutados, harmonizando-se perfeitamente com frutos do mar e ostras, ou então, degustados como aperitivo.

Já os Chardonnay envelhecidos em barris de carvalho são exemplares mais encorpados, untuosos e com bastante estrutura. Na maior parte do tempo, tais vinhos não parecem “tão secos” por consequência do elevado nível de álcool, visto que o álcool adiciona uma sensação de doçura a bebida.

Pelo seu corpo, um bom Chardonnay envelhecido em madeira acompanha muito bem pratos que contenham peixes mais fortes, carnes vermelhas e aves brancas. É sempre aconselhável que os Chardonnay sejam servidos em uma temperatura entre 13 e 14ºC.