Não há produtos em seu carrinho.

Tinta Roriz

A uva Tinta Roriz, originária da região do Douro, pode ser comparada com as uvas Tempranillo da Espanha e Aragonês do Alentejo. Trata-se de uma variedade com elevada potência na elaboração de bons vinhos, com bom corpo, boa acidez e aromas intensos e complexos, bem como excelente equilíbrio no teor alcoólico.

Apesar do seu desenvolvimento ter ocorrido na região do Alentejo e no território espanhol, é uma das variedades mais indicadas para a produção dos fortificados vinhos do Porto. A Tinta Roriz, quando seus vinhos amadurecem em barris de carvalho, expressa notas de café e madeira, com sutileza e elegância.

A região do Douro adiciona características especiais na uva Tinta Roriz, onde suas vinhas dão origem a cachos grandes e alta produtividade – dependendo da composição do solo e do clone utilizado pelo produtor.

A videira da Tinta Roriz alterna sua produção, um ano com bons rendimentos e outro com maus. Nos bons anos, os vinhos apresentam um corpo mais complexo e excelentes aromas, enquanto nos maus os exemplares não adquirem a mesma qualidade que os demais.

Os vinhos Tinta Roriz dependerão quase que, exclusivamente, dos rendimentos da colheita. Em vinhas de baixos rendimentos, os exemplares apresentam coloração vermelha intensa e aromas de frutas silvestres, que se tornam mais complexos conforme a maturação em barris de carvalho.

No paladar, os vinhos elaborados a partir da uva Tinta Roriz possuem uma textura macia, envolvente e aveludada, com firmes taninos e bom equilíbrio entre o álcool e acidez. O período de maturação que os vinhos permanecem nos barris de carvalho é propicio ao desenvolvimento de aromas de baunilha e especiarias.

Quando as vinhas apresentam maiores rendimentos, os vinhos são menos intensos, com aromas mais frutados, menos encorpados e com estrutura média. A maturação em carvalho compensa algumas características e complementa sua estrutura, melhorando também alguns aromas.