Não há produtos em seu carrinho.

Syrah / Shiraz

A Syrah, como é chamada na França, ou Shiraz, como é conhecida na Austrália, é uma variedade tinta nativa da Pérsia, que foi levada para Marselha pelos fenícios e, a partir daí, migrou para o Rhône – onde a principal variedade da região.

Essa variedade é uma das uvas mais antigas, bem como uma das castas mais interessantes dentro do mundo do vinho. Amplamente cultivada no Rhône, a uva Syrah dá origem a excelentes cortes e participa de diversos blends. Além disso, na Austrália a variedade é um ícone do vinho tinto.

As vinhas da Syrah tendem a crescer de forma numerosa, o que exige cuidados especiais do produtor, realizando diversas podas e controlando o rendimento da vinha, a fim de que as uvas concentrem melhor seus sabores.

Apesar da maioria dos vinhos Syrah serem produzidos no estilo tinto seco, a variedade produz também bons vinhos espumantes, rosés e, até mesmo, vinhos de sobremesa. Assim como os Cabernet Sauvignon, os vinhos Syrah adaptam-se muito bem em barris de carvalho, prática bastante comum em regiões australianas.

Os melhores Syrah, como os tradicionais Hermitage francês, exemplares que possuem elevado teor alcoólico e excelente capacidade de envelhecimento. Quando elaborados por bons produtores, os vinhos Hermitage remetem a lembrança dos grandes vinhos de Bordeaux.

A uva Syrah apresenta boa resistência e produtividade média, o que a torna popular entre os vinicultores. Além disso, essa casta é extremamente influenciada pelo terroir onde é cultivada, adquirindo sabores e aromas bastante característicos.

O tradicional vinho Syrah do Velho Mundo possui coloração escura e sabor concentrado, muitas vezes com notas terrosas, que costuma ser um vinho herbáceo, denso e esfumaçado. Já os Syrah elaborados nas regiões do Novo Mundo, em geral, apresentam coloração mais escura, são exemplares mais opacos, com maior nível de álcool, mais frutado e com taninos mais intensos.

Além de ser amplamente cultivada na França e na Austrália, a uva Syrah é plantada também em outros países, tais como África do Sul, Argentina e Chile, regiões onde se produzem vinhos a partir dessa variedade cada vez melhores.