Não há produtos em seu carrinho.

Sauvignon Gris

A Sauvignon Gris é uma uva tinta que sofreu mutação da tradicional uva Sauvignon Blanc. Trata-se de uma casta que teve origem em torno da região de Bordeaux, mas que com o decorrer dos anos, encontrou seu lar no Chile.

A uva Sauvignon Gris é pouco cultivada fora das regiões chilenas, mas é possível encontra-la cultivada na Nova Zelândia, Suíça, Uruguai e Estados Unidos. Essa variedade é menos aromática que a Sauvignon Blanc, no entanto, bem mais elegante e capaz de produzir vinhos muito interessantes.

Os vinhos Sauvignon Gris tendem a ser mais ricos em textura do que os vinhos produzidos a partir da Sauvignon Blanc, exibindo sabores de frutas maduras e algumas notas cítricas. Tais vinhos são, geralmente, secos e apresentam também algumas notas herbáceas – típicas da família de uvas Sauvignon.

O tipo de mutação de cor que ocorreu na Sauvignon Gris é um fenômeno razoavelmente comum e que acontece naturalmente, sem a intervenção humana. A uva Roter Riesling, por exemplo, é uma mutação de pele rosa da tradicional casta Riesling, enquanto a Chardonnay Rosé é uma mutação da Chardonnay e a Pinot Gris uma variante da Pinot Noir.

Apesar de os vinhos varietais produzidos a partir da Sauvignon Gris estarem começando a desfrutar de uma boa popularidade ano após ano, os exemplares mais conhecidos são os vinhos de corte elaborados com a uva Sauvignon Blanc.

O Madlys AOC Entre Deux Mers, do Château Sainte Marie, é um vinho branco de produção bastante limitada, produzido com um moderno corte das uvas Sauvignon Blanc (56%), Sauvignon Gris (22%) e Sémillon (22%), maturado em barris de carvalho. Trata-se de um exemplar cheio de nuances e rico, que exibem ótima complexidade e elegância, ideal para harmonizar com comida japonesa, peixes grelhados, carne de vitelo, queijo de cabra ou até mesmo servindo como aperitivo.