Não há produtos em seu carrinho.

Nuragus

Nuragus é uma variedade de uva branca utilizada na Sardenha para produzir Nuragus di Cagliari, um dos vários vinhos DOC varietais produzidos em torno da capital da ilha, Cagliari.

O nome Nuragus é o nome de uma pequena cidade que fica nas colinas, entre Cagliari e Oristano, uma cidade tipicamente pesqueira (onde a especialidade é o vinho Vernaccia di Oristano).

Nuragus é uma casta quase desconhecida e muito raramente plantada fora dos montes e das planícies do sul da Sardenha. Porém, mesmo sendo cultivada em uma área tão pequena como esta, ainda existem variações de nome para a mesma uva, também conhecida como Abbondosa e Axina.

Acredita-se que uma videira antiga - de elevado rendimento e capacidade de produzir vinhos claros com acidez marcada - tenha sido trazida para a Sardenha pelos fenícios no século 12 a.C. Ao longo dos anos, a Nuragus já foi chamada de Abboudossa, Abbsudosa, Abundans, Aksina de Marjian, Aksina de Popurus, Axina de Margiai, Axina de Popurus, Axina Scacciadeppidus, Bruscu biancu, Burdu, Garna Chchija, Garnaccia, Granazza, Lacconargiu, Malvasia de Luras, Meragus, Nugarus, Nuragus blanc de Sardaigne, Nuragus Moscadeddu, Nuragus Moscatello e Nuragus Trebbiana.

A Sardenha é uma região vinícola em ascensão e vem produzindo vinhos de muita personalidade e robustez. Como a segunda maior ilha do Mediterrâneo, logo atrás da Sicília, já foi invadida e comandada por diversos reinos e impérios ao logo da história, e por isso apresenta grande diversidade culinária, linguística, arquitetônica e, claro, vinícola.

Alguns viticultores da região estão bastante empenhados na criação de vinhos com qualidade excepcional e que, dia após dia, estão ganhando reconhecimento internacional. A Sardenha é hoje uma das grandes promessas do mundo do vinho. Seu terroir oferece uma topografia diversificada e mesoclimas muito favoráveis ao cultivo e produção de vinhos, combinando planícies e montanhas, regiões costeiras e o interior da ilha.

Um dos grandes nomes do sul da Itália é Argiolas, classificada com a prestigiosa “stella” pela invejável marca de 23 “tre bicchieri” acumulados. Seus vinhos são “referências absolutas que capturam a mágica de Sardenha por preços realmente justos”, segundo Robert Parker.