Não há produtos em seu carrinho.

Gamay

A uva Gamay é uma variedade conhecida tradicionalmente por dar origem aos vinhos tintos de Beaujolais – importante região vinícola da França. Além de adicionar maior frescor e aromas complexos aos vinhos de corte, a Gamay oferece também pouca concentração de sabor e peso, dando origem a vinhos simples. No entanto, quando elaborado por bons produtores, tais vinhos podem ser profundos e complexos.

No território francês, a uva Gamay é cultivada em Maconnais, ao redor de Touraine e em Savoie, contudo, sua terra natal é a região de Beaulojais. Essa variedade migrou da Alemanha para a França durante o século XIV e foi recebida, inicialmente, com pouco entusiasmo pelos produtores. Porém, com o decorrer do anos, a fama da Gamay foi mudando, graças ao solo e ao terroir em que a variedade foi cultivada, em Lyon.

A uva Gamay apresenta sabores de morango, cereja e framboesa e, quando vinificada pelo método de maceração carbônica, traz ao olfato a lembrança de doces cozidos. A maceração carbônica é uma técnica tradicionalmente empregada na elaboração dos vinhos de Beaujolais que consiste em deixar as uvas ainda em seus cachos em um tanque pressurizado e cheio de gás carbônico para que aconteça uma fermentação no interior dos bagos. 

Atualmente, a Gamay está vivendo uma época de renascimento, dando origem a alguns dos melhores Beaujolais, produzidos a partir de uvas cultivas em crus excepcionais. O mais famoso entre eles são Moulin-a-Vent, Morgon e Fleurie, bem como Brouilly, Chiroubles e Julienas. Estes vinhos são, tradicionalmente, envelhecidos em barris de carvalho e maturados por até 10 anos.

Fora da França, a uva Gamay é cultivada em regiões vinícolas da Suíça, misturada muitas vezes com a casta Pinot Noir. Além disso, existem também vinhedos da Gamay no Canadá, na Nova Zelândia e Itália, bem como na Croácia, Sérvia e Kosovo.