Não há produtos em seu carrinho.

Carignan

A uva Carignan, ou Cariñena como é conhecida na Espanha, é uma variedade tinta nativa da cidade de Aragon. A Carignan é utilizada na elaboração de vinhos ao longo da costa do Mediterrâneo, em regiões vinícolas espanholas e francesas.

Utilizada na elaboração de excelentes vinhos de corte ao lado das uvas Mourvèdere, Grenache e Syrah, a Carignan se adapta melhor em áreas com climas quentes, expressando altos taninos, acidez e coloração forte, adicionando abundantes aromas e sabores em vinhos de corte.

Apesar disso, a uva Carignan é raramente utilizada na produção de vinhos varietais, onde os melhores exemplares demonstram expressões de frutas pretas e escuras, bem como sabores de pimenta e alcaçuz.

As vinhas dessa variedade apresentam amadurecimento tardio e rendimentos elevados, quando não recebem os devidos cuidados e atenção. Seus altos rendimentos já foram considerados um aspecto positivo para muitos produtores, no entanto, este é responsável também por dificultar que a uva concentre corretamente seus sabores e aromas, perdendo a qualidade.

Entre os anos 1960 e 2000, a Carignan era a variedade mais cultivada na França, principalmente, na região de Languedoc-Roussillon, área responsável por abrigar mais de três quartos do total de vinhas da Carignan plantadas no país.

Já na Espanha, os melhores vinhos Carignan são produzidos em Priorat. Apesar de ser nativa de Aragon, essa variedade é mais utilizada na Catalunha, considerada uma casta de amplo cultivo no país, ficando atrás apenas das uvas Tempranillo, Cabernet Sauvignon e Grenache.

Além disso, é possível encontrar vinhas da uva Carignan cultivadas em outras regiões vinícolas, como na Califórnia e na ilha de Sardenha, onde o clima mediterrâneo é ideal para que as uvas atinjam o ápice qualitativo, produzindo vinhos com notável picância e riqueza.