Não há produtos em seu carrinho.

Veneto

O Veneto é a terra natal de algumas das mais conhecidas denominações italianas, como Prosecco, Valpolicella e Bardolino que, se elaborados por bons produtores, podem ser muito bons. Um dos maiores vinhos italianos produzidos nesta região é o encorpadíssimo Amarone. A região produz também uma variedade enorme de outros vinhos tintos e brancos, como o Brolo, o Campofiorin e o Rosso dell’Abazia.

Situada no nordeste da Itália, a região do Veneto apresenta uma área total um pouco menor do que as demais áreas vinícolas de Piemonte, Lombardia, Toscana, Puglia e Sicília, no entanto, possui um volume de produção maior do que tais regiões italianas.

Embora as regiões da Puglia e Sicília foram, por um longo tempo, as principais produtoras de vinho na Itália, a partir da metade do século XX esse cenário passou por notáveis mudanças. Na década de 1990, o Veneto conquistou cada vez mais espaço e reconhecimento com a produção de alguns dos melhores vinhos italianos, como os tintos Valpolicella e Amarone, além do maravilhoso vinho branco Soave e do espumante Prosecco.

Na região do Veneto encontra-se Valpolicella e sua sub-região Valpatena. Tal área é a responsável pela produção de meio milhão de hectolitros de vinho por ano e, em termos de volume, Valpolicella é a única DOC italiana capaz de competir com a famosa DOC Chianti, na Toscana. Ao leste do Veneto encontra-se Soave, responsável por abrigar o vinho branco seco que carrega o mesmo nome e encontra-se entre os vinhos italianos mais apreciados.

As uvas Garganega e Trebbiano são as mais utilizadas para a elaboração de inúmeros vinhos brancos na região do Veneto, enquanto as castas Corvina, Molinara e Rondinella são as responsáveis pela produção da maioria dos vinhos tintos da região. No centro do Veneto, as variedades internacionais recebem notório destaque, entre elas, as uvas Merlot, Cabernet Franc, Cabernet Sauvignon, Pinot Noir e Carmenère.

Atualmente, mais de 25% dos vinhos elaborados na região do Veneto são rotulados sob os títulos de DOC e DOCG, demonstrando a excelente qualidade dos exemplares, bem como agradando a diferentes paladares ao redor do mundo.