Não há produtos em seu carrinho.

Valle de Aconcagua

Vale do Aconcágua, situado a 100 quilômetros de Santiago, é uma prestigiada região produtora de vinhos de alta qualidade no Chile. Por muito tempo, pensou-se que o Vale do Aconcágua não era apropriado para o cultivo de vinhas, no entanto, o chileno Don Maximiano Errazuriz plantou suas primeiras videiras de Cabernet Sauvignon, Merlot e Syrah, e provou o contrário.

O Chile vem se destacando no mundo dos vinhos há décadas. Mas todo esse destaque se dá especialmente por conta da descoberta sobre seu território e condições climáticas diversificadas para a produção de uvas de excelente qualidade. Errazuriz trouxe a semente de uma inovação sem precedentes para a vinicultura chilena, quando plantou as primeiras vinhas na área, em 1870.   

A região chilena recebeu tal nome em homenagem ao rio Aconcágua que flui entre a área, que significa “sentinela de pedra”. O Aconcágua é a montanha mais alta nas Américas e contribui diretamente para os terroirs encontrados no vale, dando origem a vinhos únicos e com características marcantes.

O Aconcágua, com quase 7 mil metros de altura, faz parte da Cordilheira do Andes, que divide naturalmente o Chile da Argentina. Com mais de 1.000 hectares de vinhedos, a região conta com solo argiloso, areia e granito. As uvas tintas mais cultivadas são a Cabernet Sauvignon, Syrah, Pinot Noir, Merlot, Carmenère e Cabernet Franc, nesta ordem. As brancas mais populares no Valle são a Sauvignon Blanc e a Chardonnay.

O clima é estável e com alta incidência de sol, além de pouca chance de geadas. Estas condições permitem o cultivo de uvas para a elaboração de vinhos de alta qualidade. Graças ao seu solo, localização e clima bem específicos o Valle do Aconcágua oferece rótulos incríveis, como o Terra Andina Reserva Pinot Noir 2014, um saboroso tinto maturado em barricas francesas de segundo e terceiro uso, mostra grande exuberância de fruta e finesse, combinando a opulência do Novo Mundo com muita elegância. Um verdadeiro achado!