Não há produtos em seu carrinho.

Toscana

Brunello di Montalcino, Chianti e Vino Nobile di Montepulciano são os mais famosos vinhos produzidos na Toscana, uma das regiões vinícolas mais importantes da Itália. Formada por mais de 60 mil hectares de vinhedos, é responsável por produzir aproximadamente 3 milhões de hectolitros de vinhos por ano.

A região italiana da Toscana é excelente para o cultivo de uvas, graças a sua geografia acidentada. O plantio dos vinhedos em encostas e pontos mais altos proporcionam uma boa incidência solar sobre as vinhas, possibilitando o amadurecimento perfeito das frutas. Além disso, a ampla variação de temperatura e os rigorosos invernos mediterrâneos também contribuem para a alta qualidade as uvas.

A protagonista da região é a uva Sangiovese, base para a produção de alguns dos melhores vinhos tintos da Itália, em especial, o prestigiado vinho Brunello di Montalcino – Brunello refere-se ao nome como essa variedade de uva é conhecida em Montalcino.

Na região é possível encontrar as variedades de uvas tintas Canaiolo, Prugnolo Gentile, Morelino di Scansano e Pollera Nera, bem como as variedades francesas Merlot e Cabernet Sauvignon. Entre as uvas brancas, as castas Trebbiano, Chardonnay, Sauvignon Blanc e Vermentino di Luni são as mais cultivadas.

O vinho Chianti sofreu uma drástica mudança no decorrer dos últimos anos. Antigamente eram conhecidos pela coloração clara, baixo corpo e notável acidez, no entanto, com a mudança na legislação italiana, os vinhos Chianti passaram a ser envelhecidos em carvalho e sem a adição de uvas brancas, aumentando notavelmente sua qualidade.

Há o Chianti simples, chamado Chianti Classico, cujas uvas vêm da região dos melhores vinhedos e outros menos famosos, como os Chianti Ruffina, Colli Fiorentini. 

Os produtores membros do consórcio do Chianti Classico usam como símbolo um galo preto, o famoso gallo nero, uma marca que garante a qualidade deste tipo de vinho e tem por objetivo valorizar e proteger sua origem. Pode-se dizer que os melhores são os Chianti Classico Riserva que, hoje em dia, quando produzido pelos melhores produtores, trata-se de um belíssimo vinho, bastante charmoso, típico e elegante.

Comparado com o Chianti, o Brunello é normalmente mais encorpado, com maior teor alcoólico e mais concentrado, podendo durar muitos anos, dependendo do produtor. Assim como os Borgonha tintos, os Brunello são sempre mais caros mas também sensacionais.

O Rosso di Montalcino é um deliciosos vinho, mais leve e frutado do que o Brunello. Outro tinto da mesma região também elaborado com a Sangiovese é o famoso Vino Nobile di Montepulciano. Um tinto saboroso e que agrada muitos paladares.

São todos vinhos deliciosos que merecem ser degustados.