Não há produtos em seu carrinho.

Marlborough

A região de Marlborough é uma das áreas vinícolas mais importantes da Nova Zelândia. Localizada no nordeste da ilha, ela é responsável pela produção da maior parte dos vinhos neozelandeses, tornando-se conhecida pelo tradicional Sauvignon Blanc.

Marlborough é formado por dois vales paralelos – Wairau e Awatere – e se estende até a costa do Pacífico. Wairau Valley é ligeiramente mais longo que Awatere Valley e apresenta, cerca de, 24 mil hectares de vinhedos.

Apesar de algumas vinhas terem sido plantadas por colonos em 1870, a viticultura comercial de Marlborough teve início apenas em 1970, quando produtores de outras regiões compraram algumas áreas e plantaram suas vinhas. Os vinhos Marlborough começaram a ter maior prestígio e fama apenas no início dos anos 1980.

No entanto, a rápida expansão dos seus vinhos deu início a uma era de exemplares que começaram a apresentar boa qualidade e rapidamente reestabeleceram o equilíbrio quando, graças a um incentivo do governo, as vinhas de altos rendimentos da Muller-Thurgau, que dominavam a região, foram substituídos pela tradicional uva Sauvignon Blanc – nos dias de hoje considerada uma casta ícone do Novo Mundo.

Em vista disso, o Marlborough Sauvignon Blanc recebeu amplo prestígio perante os vinhos mundiais na década de 1980 e 1990, com críticas positivas e diversos apreciadores ao redor do mundo. Tal exemplar é famoso pela forte personalidade, sabores intensos e caráter único. Poucas regiões vinícolas podem ser associadas uma uva como Marlborough é associada à Sauvignon Blanc (com exceção apenas Mendoza com a casta Malbec).

Além da Sauvignon Blanc, que domina os vinhedos de Marlborough, outras variedades também são cultivadas na região, entre elas as uvas Chardonnay, Pinot Gris e Riesling. Durante os últimos anos, as vinhas de Pinot Noir estão envelhecendo gradativamente, dando origem a vinhos da mais alta qualidade – os Marlborough Pinot Noir são mais leves e frutados dos que os produzidos em Otago.

Além disso, a região neozelandesa é uma importante produtora de vinhos espumantes de excelente qualidade, elaborados a partir do método tradicional ou methode champenoise, o mesmo utilizado na produção dos tradicionais e famosos vinhos Champagne.

Um grande destaque da região é o produtor Oyster Bay, uma das primeiras vinícolas a se instalar na região de Marlborough, responsável pela produção de alguns dos vinhos brancos mais cobiçados do planeta. Logo na primeira safra, em 1990, o Oyster Bay Sauvignon Blanc foi eleito pela Internation Wine & Spirit Competition o melhor vinho branco do mundo elaborado a partir da variedade.