Não há produtos em seu carrinho.

Vinho MacLaren Vale

McLaren Valley é uma região vinícola australiana, situada a aproximadamente 35 km ao sul de Adelaide Hills. É, de longe, a área produtora de vinhos mais importante em Fleurieu, bem como encontra-se entre uma das mais importantes regiões vinícolas da Austrália.

A região recebeu sua própria indicação geográfica em 1997, no entanto, a tradição vitivinícola da área existe há vários anos. Os pioneiros Thomas Hardy e John Reynella, ambos com nomes emblemáticos na indústria vinícola do país, perceberam o potencial de McLaren Valley no início do século XIX, onde as primeiras vinhas foram plantadas. Atualmente, a região é lar de alguns dos mais conceituados e prestigiados produtores da Austrália.

As condições de cultivo da região são inúmeras, visto a ampla topografia e proximidade com as influências provenientes do Golfo de São Vicente. Além disso, as diferentes altitudes, demarcadas de acordo com a localização e os diversos microclimas oferecem condições ideais para que as castas atinjam seu ápice qualitativo.

Em geral, o clima é mediterrâneo, com brisas frescas provenientes do mar que ajudam a amenizar as altas temperaturas durante a estação de amadurecimento das uvas. Os ventos frios da colina também auxiliam na maturação das castas, garantindo que as mesmas mantenham excelente acidez e estrutura.

A diversidade geográfica e climática de McLaren Valley é refletida na enorme variedade de uvas que podem ser cultivadas com êxito na região. Os melhores vinhos são provenientes de antigas vinhas, plantadas há mais de 100 anos, além disso, tais exemplares são elaborados com uvas de baixos rendimentos, que se tornam extremamente aromáticas.

Os famosos Shiraz encontram-se entre os melhores vinhos australianos, tornando McLaren Valley um lugar de sucesso para o cultivo dessa variedade. A tradicional Cabernet Sauvignon ocupa um lugar de destaque também na região, ao lado das uvas Grenache e Mourvedre, dando origem a excelentes vinhos de corte.

Entre as variedades brancas, a uva Chardonnay e a Sauvignon Blanc são cultivadas em maiores quantidades, juntamente com outras cepas regionais e internacionais, como a Merlot, Sangiovese, Viognier, Tempranillo e Zinfandel.