Não há produtos em seu carrinho.

Niepoort

Sem dúvida, uma das melhores, mais reputadas e mais tradicionais casas de vinho do Porto de Portugal. Fundada em 1842 e comandada desde 1987 pelo genial Eduard Dirk Niepoort, um dos mais talentosos enólogos do mundo, a Niepoort, une a tradição artesanal secular às grandes inovações.

A Niepoort se orgulha de ser uma empresa familiar independente há mais de um século, onde cinco gerações estiveram à frente dos negócios desde que o holandês Franciscus Marius Niepoort fundou a empresa. Ele chegou em Portugal e iniciou seus negócios sem terrenos ou vinhas próprias, exercendo exclusivamente o comércio de Vinho do Porto. A segunda geração, representada por Eduard Karel Jackob - nascido em 1848, no Porto - tomou conta dos negócios e deu continuidade ao trabalho de seu pai até 1912, quando veio a falecer.

Eduard Marius Niepoort, filho de Eduard Karel, foi obrigado a fazer parte da empresa e, como era um cientista nato, extremamente hábil e inteligente, exerceu suas atividades com sucesso e maestria, até o ano de 1980, quando se aposentou e passou a se dedicar aos seus muitos hobbies e coleções. Em 1982, faleceu com 91 anos e então seu filho Eduard Rudolf – a quarta geração - assumiu o posto e seguiu cuidando das relações comerciais e humanas dentro e fora da empresa. Rudolf recorda com nostalgia a produção de um Porto Vintage, o de 1970, como se fosse a sua própria criação, do princípio ao fim. Atualmente, é considerado um dos maiores Portos da Niepoort.

Em 1987, Dirk juntou-se ao seu pai, Rudolf Niepoort e foi desafiado a inovar, mantendo as boas tradições. O primeiro passo importante foi a aquisição de vinhas próprias: a Quinta de Nápoles e a Quinta do Carril no Cima Corgo, uma região que tradicionalmente produz os melhores Vinhos do Porto. Foram plantados de novo 15 hectares de vinhas, e 10 hectares de vinhas com 60 anos foram cuidadosamente mantidos. Ser proprietário de quintas e vinhas no Douro foi um passo importante para a produção de Vinho do Porto e para a criação dos primeiros vinhos não fortificados Niepoort.

A paixão de Dirk pelos vinhos, o respeito humilde e a curiosidade pelo terroir do Douro definiram o espírito da Niepoort nas duas últimas décadas e é uma inspiração constante para a equipe. A irmã de Dirk, Verena, juntou-se à empresa, enquanto diretora executiva, em 2005.   

Nas palavras da Wine Spectator, "Niepoort produz alguns dos melhores Vintages do século XX" e segundo Steven Spurrier, da Decanter, deu origem a "alguns dos mais finos e elegantes Portos já produzidos - quer se tratem de Vintages, Single Quinta, Tawny ou Colheita". Seu 10 Years Old Tawny merece nada menos do que 95 pontos da Wine Spectator, sendo o melhor e mais pontuado Porto 10 Anos para a revista! Seus Colheita também são reputadíssimos, uma verdadeira especialidade, assim como seus LBV. São todos vinhos do mais alto nível.