Não há produtos em seu carrinho.

Logis de la Mothe

Logis de la Mothe produz no coração da Grande Champagne (sub-região de Cognac, não confundir com a região de Champagne) um extraordinário cognac. Esta propriedade exibe grandes estoques de cognac, envelhecidos por longos períodos – muito mais longos do que os exigidos pela lei para cada tipo. Seus cognacs apresentam ótima maciez, distinção e charme.

Esta propriedade foi adquirida no ano de 1867, pelos avós dos atuais donos da vinícola Logis de la Mothe, e sempre foi uma fazenda. A adega foi construída com um formato retangular e é cercada por muros de pedras soltas.

A parte residencial da propriedade, situada na frente da entrada da parte de trás do pátio, é flanqueada por duas torres quadradas cobertas por ardósia em cada extremidade do edifício principal – coberto por telhas curvas. Em cada lado encontram-se edifícios agrícolas e, ao entrar no pátio, é possível observar a adega de Logis de la Mothe.

O rótulo “Patrimônio Histórico”, concedido pelos franceses Vieilles Maisons, foi emitido no ano de 1991. O antigo castelo de Logis de la Mothe foi danificado durante a Guerra dos Cem Anos, no entanto, durante os séculos XVII e XVIII foi reconstruído – com sua antiga arquitetura preservada.

As vinhas de Logis de la Mothe estão cultivadas em uma área que abrange cerca de 20 hectares, em colinas com pedras calcárias e vista para Logis, sujeitas a influências marítimas de um lado e, continentais de outro.

Entre os principais exemplares da casa encontra-se o Cognac Logis Grande Champagne Vieille Reserve, um cognac elaborado com destilados envelhecidos naturalmente por um extenso período de tempo, tornando-se um exemplar macio e redondo, que exibe agradáveis notas de frutas secas.

Outro destaque de Logis de la Mothe é o Cognac Logis de la Mothe VSOP (Very Special Old Quality), um exemplar firme e robusto, que exibe um perfeito equilíbrio entre a fruta e o teor alcoólico – um belo achado e bem distinto dos cognacs que são encontrados no mercado.