Não há produtos em seu carrinho.

Casa Marin

Segundo Jancis Robinson, Casa Marin foi a grande pioneira na região de San Antonio, instalando-se no ano 2000 em Lo Abarca, a apenas 4 quilômetros de distância do Oceano Pacífico, em uma época em que nenhuma outra vinícola ousaria se arriscar. A visionária María Luz Marin mostrou ao mundo a vocação do Chile para produzir vinhos de clima frio que competem em qualidade com os melhores do Velho Mundo. Para a The Wine Advocate, de Robert Parker, "María Luz Marin e seu filho Felipe Marin continuam a produzir até hoje alguns dos melhores vinhos da costa do Chile, por preços incrivelmente atrativos". Os rendimentos são minúsculos e a vinícola conta com alguns terroirs únicos, com solos de calcário similares aos encontrados em Champagne. Os vinhos combinam de maneira surpreendente complexidade, mineralidade e profundidade de fruta, sempre com uma finesse que se tornou marca registrada da vinícola. A linha Lo Abarca é uma recente criação de excelente qualidade/preço. Os vinhos Cartagena são verdadeiros achados: ricos, elegantes e minerais, muitos já receberam mais de 90 pontos de Robert Parker e de James Suckling. A linha Casa Marin é composta pelos rótulos mais disputados da vinícola - e certamente alguns dos melhores vinhos do país. O Pinot Noir Litoral é uma verdadeira referência para os tintos chilenos desta casta. Rico, complexo e muito elegante, recebeu 91 pontos de Parker na safra 2013. O Litoral Syrah é um vinho "seríssimo", segundo Parker, que lhe conferiu 91 pontos. O vinho conquistou também 92 pontos do guia Descorchados. A casa elabora ainda dois vinhos ícones: o Pinot Noir Lo Abarca Hills, que "lembra um grande vinho da Borgonha", na opinião do crítico americano, e foi classificado com 94 pontos na safra 2011, e o Miramar, "um legítimo Syrah de clima frio", de minúscula produção (apenas 1.000 caixas por ano). Entre os brancos, Cipreses é talvez o mais emblemático Sauvignon Blanc chileno. Descrito como "simplesmente estonteante" por Parker, mereceu 93 pontos do crítico e 96 pontos do Descorchados na safra 2016. O raro Sauvignon Gris é um "segredo" dos sommeliers de alguns dos melhores restaurantes do mundo: o toque frutado e a ótima acidez do vinho harmonizam perfeitamente com os pratos de inspiração asiática. O Riesling - leve e delicado - é o melhor vinho do Chile elaborado com esta casta, para Robert Parker. São todos vinhos impressionantes, que atestam o imenso potencial do Chile para originar vinhos elegantes e cheios de profundidade, típicos das regiões de clima frio.