Não há produtos em seu carrinho.

Argentina

A Argentina, um dos países com maior destaque na vinicultura, ocupa hoje a quinta posição entre os maiores produtores de vinho do mundo, além de ser a região vinícola mais prestigiada de toda a América do Sul. Com mais de 200 mil hectares de vinhedos, o país exporta cerca de 25% de toda sua produção anual para países do Velho Mundo, demonstrando a importância que os vinhos da região possuem.

Em geral, os vinhos argentinos possuem muito sabor e apelo imediato, ou seja, são fáceis de gostar ao primeiro gole degustado. O potencial da Argentina é notável, visto que a região possui climas e terroirs privilegiados, além da possibilidade de se plantar em altitude, característica que vem sendo muito explorada nos últimos tempos.

Além dos profundos vinhos Malbec que conquistaram o mundo, o país ainda abriga maravilhosas surpresas a serem descobertas pelos apreciadores. Entre os vinhos brancos da Argentina de maior prestígio estão os elaborados, principalmente, com a casta Chardonnay, resultando em vinhos ricos, complexos e intensos.

Entre os mais cultuados produtores da atualidade está a Bodega Noemía, localizada na fria Patagônia, elaborando minúsculas quantidades de vinhos únicos e muito elegantes, de incrível personalidade — possíveis apenas graças à descoberta de vinhedos muito antigos e especiais, plantados com a uva Malbec.

Outra belíssima descoberta são os vinhos de Fournier, de Mendoza, sempre classificados entre o melhor que a Argentina pode produzir, incluindo empolgantes cortes com a uva espanhola Tempranillo. Kaiken, por sua vez, dispensa apresentações, sendo o esperado projeto argentino da vinícola chilena Viña Montes. Seus premiados vinhos tintos são as versões argentinas dos reputados Montes Alpha. Luca, uma fantástica vinícola-boutique que é o projeto pessoal de Laura Catena, também é fonte de alguns vinhos únicos, como seu Pinot Noir, apontado por Robert Parker como o melhor do país.

A Argentina não é apenas uma das maiores regiões produtoras de vinho no mundo, como também, uma das mais notáveis consumidoras da bebida, ocupando a quinta colocação no ranking de consumo do vinho.